TRE-SE e exército alinham estratégias de segurança para o dia das eleições

 Nessa quarta-feira, 3, militares do 28º Batalhão de Caçadores que possam trabalhar no próximo domingo, 7, durante as eleições passaram por  uma palestra e treinamento  simulando situações que possam acontecer no dia do pleito, com a proposta de deixá-los aptos, sobre os protocolos que devem ser adotados em caso de cometimento de algum crime eleitoral.
 A partir desta quinta feira, 715 militares estarão de sobreaviso. Desse total 150 estarão de prontidão na sede do 28ª BC. De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE), a medida é atípica, pois depois de alguns anos não é solicitado previamente o emprego das tropas nas ruas.
 O comandante do 28º BC, coronel Carneiro, informou que uma companhia inteira munida de todos os dispositivos como carros, caminhões e armamentos estará preparada para uma eventual intervenção durante o pleito.
 O coordenador das eleições em Sergipe, Marcelo Gerard, explicou que o efetivo da Polícia Militar com o apoio do Corpo de Bombeiros e Guardas Municipais supre a demanda de segurança inicialmente e que o exército só será acionado caso seja identificada a necessidade do emprego das tropas.

F1

Nenhum comentário

Football