Valadares Filho diz que abre mão da aposentadoria independentemente do resultado da eleição

 O deputado federal e candidato ao Governo do Estado, Valadares Filho (PSB), afirmou na manhã desta sexta-feira, 26, que abrirá mão da sua aposentaria como deputado federal, a qual tem direito por lei ao final deste, que é o seu terceiro mandato consecutivo.
 A declaração foi feita durante entrevista ao Jornal da Fan em tom de crítica ao candidato opositor, Belivaldo Chagas (PSD). “Dia 1º de janeiro de 2019 eu deixo a Câmara Federal, seja com um resultado positivo ou negativo nas urnas neste pleito, eu abrirei mão da minha aposentaria. Eu quero que Belivaldo faça o mesmo, já que ele recebe uma aposentaria como defensor público e outra como deputado estadual”, criticou.
 Em entrevista também ao Jornal da Fan na última quarta-feira, 24, Belivaldo Chagas rebateu às críticas.  “O discurso que ele faz, é como se o Ministério Público não existisse, é um desrespeito. Eu tenho 58 anos, tudo que eu adquiri prestei conta. Eu contribui e me aposentei, tudo dentro da regularidade”, destacou.
Jackson e André
 Criticado por alguns ouvinte durante a entrevista por usar bastante os nomes dos opositores, o  ex-governador Jackson Barreto e o deputado Federal André Moura (PSC) em sua campanha, Valadares disse que é preciso lembrar ao povo sergipano quem são os aliados de Belivaldo Chagas (PSD).
O candidato voltou ao afirmar que André Moura está apoiando Belivaldo Chagas em troca de cargos comissionados. Informação também rebatida por Belivaldo durante a última entrevista. “Eu não sou do tipo de político que costuma esconder seus apoiadores”, afirmou Belivaldo.
Daniele Garcia
 Valadares Filho disse que convidou a delegada Daniele Garcia para ser secretária de Estado da Segurança Pública em seu governo, se eleito. Disse ainda que o apoio dela à sua candidatura não está relacionado a nenhum acordo político, mas sim a uma decisão pessoal. “Eu quero demonstrar quem são as pessoas que vão compor a nossa gestão. Não sei nem se Daniele vai aceitar o convite, mas eu o farei”, afirmou.
Processo na PGR
 O candidato Valadares Filho fez uma denúncia à Polícia Federal contra o blogueiro Thiago Reis, o acusando de divulgação de “Fake News”. A denúncia motivou a abertura de um inquérito, que foi enviado à Procuradoria Geral da República, porque ao invés de vítima o deputado federal e candidato pode se tornar réu da ação que ele mesmo denunciou.
 A PF informou que o blogueiro apresentou documentos comprovando que as declarações sobre lavagem de dinheiro e apresentação de documentos falsos para recebimento de verbas junto à Câmara Federal são verdadeiras.
Valadares Filho disse que está muito tranquilo diante das acusações  e que o fato do processo ter sido levado à PGR é um procedimento normal.
Propaganda Eleitoral
Ao julgar a Representação apresentada pela coligação “Pra Sergipe Avançar”, o Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE) concedeu direito de resposta para o candidato Belivaldo Chagas, pelo tempo de 2 minutos, bem como a perda do direito à veiculação de todas as inserções de Valadares Filho que iriam ao ar nesta sexta-feira (26). A decisão foi unânime.
Valadares disse que é um interpretação jurídica do Tribunal, respeita, mas sua assessoria está recorrendo.

Nenhum comentário

Football