Livro sobre a história da última cangaceira viva é lançado em Tobias Barreto


 Foi lançado na última terça-feira 13, no museu Casa de Tobias, na cidade de Tobias Barreto o Livro que conta a historia da última integrante viva do cangaço de Lapião, o autor do livro é Tião Ruas, genro de Dulce. 
 Dulce Menezes é a última cangaceira viva. Dos que seguiram os caminhos incertos do cangaço, só ela sobreviveu. Hoje ela está com 95 anos de idade, além de lucida ela mantém em seu cardápio o que comia quando era jovem, seu prato predileto é rabada com sobremesa de rapadura. 
  A filha de Dulce Martha Ruas, também esteve presente na solenidade acompanhado o seu esposo, o casal veio a Tobias Barreto por intermédio do historiador Pedro Meneses. 


Nenhum comentário

Football