Número de homicídios volta a crescer em Sergipe no mês de outubro

 Após uma queda considerável no mês de setembro, o número de mortes violentas letais intencionais voltou a oscilar de forma ascendente em Sergipe no mês de outubro. Os números foram liberados esta semana pela Secretaria da Segurança Pública (SSP).
 De acordo com o Ceacrim, setor responsável pelas estatísticas da pasta, o décimo mês do ano terminou com o registro de 65 homicídios dolosos e quatro latrocínios (roubo com morte) em Sergipe. A soma dos dois tipos de ocorrência corresponde a 69 mortes violentas, 23% a mais do que no mês anterior, quando ocorreram 56 mortes violentas, três assassinatos e três latrocínios.
 No acumulado do ano, conforme informou a SSP, Sergipe já registrou 807 homicídios em 2018 e 25 latrocínios, além de três lesões corporais seguidas de morte. O total de mortes violentas, 835, representa 10% menos casos do que em 2017, quando a Secretaria notificou mais de 904 ocorrências dessas naturezas.
 Na avaliação da SSP, apesar da alta de outubro, o indicador tem traçado uma curva descendente desde o início do ano, o que se deve ao trabalho voltado para a integração entre as forças de polícia.
 "Aliado a nossa integração, o governo tem realizado fortes investimentos na área, com a implantação do sistema Detecta, um software buscado em São Paulo e que está sendo implementado para colaborar com o nosso monitoramento na capital. Além de vários outros investimentos também no interior, que têm surtido importantes efeitos nos índices. Quanto mais investimento, mais trabalho das polícias, melhor para a nossa sociedade", comenta o comandante geral da Polícia Militar, Marcony Cabral.

Nenhum comentário

Football