Laércio consegue 12 caminhonetes para reforçar combate ao Aedes aegypti

 O deputado federal Laércio Oliveira esteve no Palácio do Planalto acompanhado dos prefeitos de Aracaju Edvaldo Nogueira e Boquim, Eraldo Cabeça Dantas para a entrega de caminhonetes para o combate ao mosquito Aedes aegypti no estado. O parlamentar conseguiu veículos para 12 municípios sergipanos: Boquim, São Cristóvão, Campo do Brito, Itabaiana, Muribeca, Tomar do Geru, Propriá, Malhada dos Bois, Monte Alegre, Santana do São Francisco, Brejo Grande e Aquidabã.
 O presidente Michel Temer e o ministro da Saúde, Gilberto Occhi, entregaram as caminhonetes, como força efetiva no combate ao mosquito, no atual cenário de risco dos municípios em relação ao mosquito Aedes aegypti.
 O presidente Michel Temer reforçou que a conexão entre governo federal, municípios e estados tem favorecido a melhora da saúde no País e a redução de casos de doenças transmitidas pelo Aedes Aegypti. “Nos últimos tempos não tem havido notícias desabonadoras a essa atividade e assim tem sido em todos os setores da nossa administração. Esse é um momento de comemoração porque significa que os municípios brasileiros estão recebendo veículos para trabalhar pelo povo municipal”, destacou o presidente.
 De acordo com Laércio, com essas caminhonetes os estados e municípios podem acoplar os equipamentos de fumacê para ações locais.
 Das capitais Brasileiras, estão com índices satisfatórios os municípios de Curitiba (PR), Teresina (PI), João Pessoa (PB), Florianópolis (SC), São Paulo (SP), Macapá (AP), Maceió (AL), Fortaleza (CE) e Aracaju (SE). As capitais com índices em estado de alerta são: Manaus (AM), Belo Horizonte (MG) Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Brasília (DF), São Luís (MA), Belém (PA), Vitória (ES), Salvador (BA), Porto Velho (RO), Goiânia (GO) e Campo Grande (MS).
 Já as capitais Palmas (TO), Boa Vista (RR) Cuiabá (MT) e Rio Branco (AC) estão em risco de surto de dengue, zika e chikungunya por apresentarem Índice de Infestação Predial (IIP) igual ou superior a 4%. As capitais Natal (RN) e Porto Alegre (RS) fizeram o levantamento por armadilha. Todas as formas de coleta de dados ocorreram no período de outubro e novembro deste ano.
 De acordo com o prefeito de Aracaju Edvaldo Nogueira, as caminhonetes terão papel fundamental nas ações preventivas que serão colocadas em prática nos próximos meses. "O resultado do LIRAa divulgado na última avaliação nos deu um prognóstico bastante positivo. Aracaju está entre as cidades com baixa probabilidade de surto das doenças transmitidas pelo Aedes e isso nos deixa muito felizes. Mas não podemos ficar parados. Principalmente porque é nesta época do ano que o mosquito se desenvolve mais rápido. Então vamos redobrar nossas atenções e os veículos nos ajudarão significativamente. Mais uma grande conquista para a Saúde de Aracaju", destacou.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário

Football