Desembargador Ricardo Múcio despede-se do TRE de Sergipe

 A sessão plenária de julgamentos do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE) desta quinta-feira, 31, marcou a despedida do presidente da Casa, Desembargador Ricardo Múcio Santana de Abreu Lima. O  biênio (2017/2019) do magistrado terminará no dia 02 de fevereiro. Ricardo Múcio ocupa uma das duas cadeiras destinadas aos desembargadores e será substituído pelo Desembargador José dos Anjos, indicado pelo Tribunal de Justiça do Estado para compor o TRE-SE.
 Para o corregedor e vice-presidente do Tribunal, Desembargador Diógenes Barreto a qualidade do trabalho desenvolvido por Ricardo Múcio é reconhecida pela sociedade, “sobretudo na condução das eleições, é notória e reconhecida por toda a comunidade jurídica de Sergipe”, ressaltou.
Realizações
 A passagem pelo TRE-SE proporcionou: construções e reformas de prédios, cursos para aperfeiçoamento de servidores, palestras motivacionais, inovações na área tecnológica (implantação dos sistemas I-Pleno e Pje, que aprimoraram a gestão e a divulgação de informações processuais), entre outras dezenas realizações de sucesso apresentadas no relatório.
 Em setembro de 2018, o TRE-SE foi reconhecido pelo Concelho Nacional de Justiça – CNJ, entre todos os Tribunais, como o melhor avaliado (campeão) em relação ao Levantamento de Governança, Gestão e Infraestrutura de TIC do Poder Judiciário. (iGovTIC-JUD 2018).
 Recebeu a premiação outorgada pelo CNJ aos cinco tribunais que lideram o Ranking da Transparência do Poder Judiciário. O Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE) cumpriu 84,67% dos critérios estabelecidos pelo CNJ no tocante à transparência dos atos, figurando na 3ª colocação entre os 91 Tribunais do Brasil.
 Em sua gestão, o Tribunal recebeu do CNJ o Selo Ouro, pelo terceiro ano consecutivo (2017), um prêmio a dedicação de magistrados e de servidores, que mantêm a excelência do serviço prestado pelo Tribunal.
Com informações TRE

Nenhum comentário

Football