Hidrômetros da Deso registram ar em vez de água e geram gastos

 Como se não bastasse a situação crítica que enfrenta a população tobiense por conta da deficiência da Deso, os moradores convivem agora com outra dor de cabeça: a cobrança por ar, isso mesmo, ar. Não sai uma gota sequer das torneiras, mas o hidrômetro - aquele aparelho que registra o consumo de água, continua girando e marcando um gasto que não existe. Parece até que nos canos corre uma espécie de "água fantasma".
 Consumidores fizeram vídeos mostrando os hidrômetros de suas residências em funcionamento mesmo sem correr água nas torneiras. Desconfiados do alto valor nas faturas os consumidores chegaram à conclusão que estão pagando pelo ar que passa por dentro do encanamento.
 A Deso que tanta cobra dos seus clientes, deixa a desejar em qualidade, atendimento e vede ar ao em vez de água. Fiquem atentos povo de Tobias Barreto. A Deso tem solução, Privatização!

Nenhum comentário

Football