Senador Alessandro Vieira diz que Belivaldo precisa descer do palanque

 O senador da República Alessandro Vieira apontou que o governador de Sergipe Belivaldo Chagas (PSD) precisa “descer do palanque”. A declaração foi feita em, entrevista ao Jornal da Fan na manhã desta terça-feira, 5, em referência a ausência de representantes do Governo de Sergipe em audiência nessa segunda-feira, 4, no Ministério da Justiça.
 “Belivaldo não é candidato. Agora é hora de trabalhar pelo povo de Sergipe e não de fazer oposição ao Governo Federal. Trabalhei com ele por muitos anos, e o conheço como um homem humilde, ativo e bom no trato. A atual postura dele me surpreende. Espero que seja só adaptação ao novo cargo.”, afirmou Alessandro.
Mesa diretora do Senado
 A eleição da mesa diretora do Senado Federal na última sexta-feira, 1, foi marcada por muita polêmica. Alessandro Vieira ganhou destaque na imprensa nacional por ter identificado uma possível fraude para reeleição de Renan Calheiros como presidente do Senado. Alessandro em seu primeiro dia de mandato, subiu ao púlpito e fez declarações duras aos parlamentares.
 Ele apoia o opositor de Renan, o senador Davi Alcolumbre (DEM/AM), que foi eleito presidente do Senado.
 Alessandro disse que Davi era o único nome possível de superar Renan. “A derrota de Renan tem uma representatividade grande para manutenção da democracia. Vamos remover o entulho que por muito tempo criou obstáculo. A proposta é deixar pra traz ancoras históricas que não deixam o Brasil caminhar”, destacou.
 Questionado sobre os motivos que o levou a apoiar o candidato vencedor, Alessandro Vieira disse que o senador Davi Alcolumbre, vem com ideias novas e uma proposta diferente do que já foi apresentado durante vários anos. “Ele vai ser fiscalizado e se ele incidir em qualquer tipo de erro, vai ser penalizado”, garantiu.
 O Governo do Estado informou que o secretário de Estado da Segurança Pública, João Eloy, iria a Brasília, mas não conseguiu comprar passagem área em horário que chegasse a tempo da audiência. Informou ainda que o fato de Sergipe não ter tido representante  no encontro não sinaliza qualquer tipo de prejuízo.

Nenhum comentário

Football