Brasil registra crescimento de 6,32% na banda larga fixa

 
 O serviço de banda larga fixa, denominado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) como Serviço de Comunicação Multimídia (SCM), registrou 31.312.686 contratos ativos em fevereiro de 2019, o que corresponde a um crescimento de 6,32% em doze meses (um aumento de 1.861.098 assinantes em relação a fevereiro de 2018).
 As Prestadoras de Pequeno Porte (PPPs), aquelas que detêm até 5% do mercado, totalizaram 7.655.037 contratos ativos, o que representa uma participação de 24,44% do mercado.
 Dentre as maiores prestadoras da banda larga fixa, a Claro registrou a maior participação de mercado, a empresa deteve 30,03% do mercado (9.401.954 clientes), a Vivo ficou em segundo com 24,06% (7.532.822 clientes) e a Oi em terceiro com 18,78% (5.879.897 clientes). Na comparação com fevereiro de 2018, a Tim e Claro registraram crescimento de 17,84% (mais 75.408 contratos) e 4,4% (mais 396.469 assinantes), respectivamente. A Oi e a Vivo tiveram redução de 5,97% (menos 373.398 contratos) e 0,33% (-24.797 contratos) respectivamente.
 Na comparação entre fevereiro de 2019 e fevereiro de 2018, com exceção de Roraima e Maranhão que registraram perda de 217 e 13.981 acessos, todos os outros estados tiveram aumento no número de contratos do serviço, com destaque para: Amazonas, Bahia, Ceará e Minas Gerais todos com crescimento acima de 10% em 12 meses. 

Nenhum comentário

Football