Delegada Sergipana confirma ida para Ministério da Justiça

 Depois de muita especulação, a delegada Danielle Garcia confirmou nesta quarta-feira, 27, que irá para o Ministério da Justiça fazer parte da equipe do ministro Sérgio Moro. Atualmente, ela coordena a delegacia do município da Barra dos Coqueiros, na Grande Aracaju (SE).
 Danielle Garcia irá trabalhar na área de lavagem de dinheiro com a delegada da Polícia Federal Erika Marena, que passou discretamente pela PF de Sergipe entre o final 2017 até assumir o MJ com Moro, em novembro do ano passado. A futura parceira de Garcia é paranaense e antes de ser transferida para Sergipe atuou na Operação  Ouvidos Moucos que acabou em tragédia. Preso e acusado de corrupção, o alvo da investigação Operação Ouvidos Moucos, o reitor da Universidade Federal de Santa Catarina, tirou a própria vida, em outubro de 2017. Nada foi encontrado contra Luiz Carlos Cancellier até agora.
 Para trabalhar em outro órgão, Danielle Garcia precisa da autorização do governador Belivaldo Chagas, que já assinou a liberação da servidora. Houve um erro na tramitação do documento, que segundo a Secretaria de Governo, já foi retificado.
 Danielle Garcia tornou-se conhecida em Sergipe pelas investigações de desvio de recursos públicos em órgãos do estado de Sergipe, como esquema de desvio de verbas de subvenções. Em março de 2016, assumiu a Coordenadoria Especial da Secretaria da Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE) para Investigação de Crimes de Corrupção.  Integrou também o Departamento de Crimes contra a Ordem Tributária e Administração Pública (Deotap).

Nenhum comentário

Football