“É uma barbaridade”, disse Temer a jornalista sobre prisão

 Michel Temer, ex-presidente da República, foi preso na manhã desta quinta-feira (21) em São Paulo, por uma força-tarefa da Lava Jato. O mandado de prisão preventiva foi assinado pelo juiz Marcelo Bretas, do Rio de Janeiro. Ao ser preso, porém, Temer reagiu de forma indignada, segundo o jornalista Kennedy Alencar, da CBN.
 O jornalista ligou para Temer e o ex-presidente disse que estava na companhia de policiais federais e a caminho do Aeroporto de Guarulhos. “É uma barbaridade”, disse Temer sobre o mandado emitido contra ele.
 A prisão de Temer, segundo o G1, estaria relacionada com a delação de Lúcio Funaro, ex-operador do MDB, sobre um esquema de corrupção no Congresso. Moreira Franco, ex-ministro de Minas e Energia do Governo Temer, foi preso no Rio de Janeiro. A rádio CBN informa que o também ex-ministro Eliseu Padilha também é procurado pela PF.

Nenhum comentário

Football