Família de jogador Lagartense é a primeira a ter um acordo definido com o Flamengo

 A família de Áthila Souza Paixão foi a primeira a ter um acordo definido com o Flamengo para indenização após a tragédia do Ninho do Urubu. o nome da vítima era tratado com sigilo. Na próxima quinta-feira, há uma reunião entre o clube e a advogada de Rykelmo. As partes estão confiantes em uma solução.
 O nome de Rykelmo foi citado em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira, no Rio de Janeiro, como vítima representada pela defensoria pública. O GloboEsporte.com apurou, porém, que Gislaine Nunes é quem trata diretamente com o Flamengo.
 A advogada, que representou Ronaldinho Gaúcho em ação contra o próprio Flamengo e já trabalhou com jogadores como Juninho Pernambucano e Edmundo, representa a mãe do ex-volante morto aos 16 anos. O encontro da próxima quinta será o segundo com o clube para tratar a indenização de Rykelmo.
 O acordo com Áthila Paixão também foi conduzido por um advogado em nome da família, que vive em condições humildes em Lagarto. Os valores são mantidos em sigilo por cláusula de confidencialidade.
 Além do acordo com Áthila e da negociação em andamento por Rykelmo, o Flamengo conversa com o advogado Thiago d’Ivanenko para definir a indenização para as famílias de Vitor Izaias e Bernardo Pisetta.

G1

Nenhum comentário

Football