Um médico foi encontrado morto dentro da próprio carro, na manhã deste domingo, 24, na Bairro Aruana, em Aracaju. Informações iniciais apontam que ele teria cometido suicídio.
 O médico Marcelo Brandão Bocardi, que atuava como médico do SAMU desde 2013, deixa a esposa, também médica, e três filhos.
Nota da Secretaria de Estado da Saúde
 Bastante consternados, o secretário de Estado da Saúde, Valberto de Oliveira, o presidente da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS), Jorge Kleber, a superintendente do SAMU, Conceição Mendonça, e demais profissionais, lamentam o falecimento do médico efetivo da FHS, Marcelo Brandão Bocardi, de 35 anos, que atuava no SAMU desde 2013. 
 A Central de Regulação de Urgência (CRU) foi acionada por volta das 10h deste domingo para o atendimento a uma vítima dentro de um veículo em um condomínio no bairro Aruanda, em Aracaju, e quando chegou ao local percebeu que se tratava de um colega de trabalho. A todos os familiares enviamos os votos de pesar e gratidão a tantos anos de dedicação salvando vidas. O seu legado será sempre lembrado por todos nós.
Ainda não há informações do local do velório.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano