Operação conjunta com PMs do 11º BPM e polícia civil, elucida homicídio no carnaval de Itabaianinha

 Na tarde de hoje 08/03, policiais civis das delegacias de Itabaianinha (coordenada pelo delegado Gerlandio Gomes e Tobias Barreto (coordenada pelo delegado regional Fabio Alan, e policiais militares do 11° BPM, comandado pelo Tenente Coronel Alexandro Ribeiro, prenderam Aron Eduardo Martins de Oliveira e Luiz Fernando Santos de Matos, que confessaram o homicídio de Bruno Santos, ocorrido no último carnaval em Itabaianinha.
 Segundo o delegado de Itabaianinha, que coordenou as investigações, Fernando e Aron iniciaram uma confusão com a vítima e um amigo, ocasião em que Fernando desferiu uma facada na vítima.
"Após diligências conjuntas dos policiais das duas cidades, foi possível identificar os autores do crime e reunir provas para o Judiciário, que foi muito rápido e determinou as prisões", destacou o delegado. 
 O delegado ainda informou que "a solução desse crime se deve a dois fatores: o empenho de todos, em especial do delegado regional de Tobias, do Comandante do 11° BPM e do gerente da AISP de Itabaianinha, Jonilton Santana", destacando a expertise e a experiência de todos os que integraram as  diligências".
 Um fator importante para a solução do crime foi o fato de ter policiais civis e militares plantonistas no evento, o que permitiu a colheita de informações logo que o crime aconteceu. Em seguida, num trabalho integrado, os policiais chegaram aos autores, um dos quais já foi reconhecido por uma testemunha.
 As Polícias seguem integradas à disposição da população e relembram a importância do 181, como ferramenta de aproximação da sociedade com a Polícia. Por fim, o delegado de Itabaianinha destacou "não podemos ficar felizes, porque nada vai acalentar a família, mas estamos aliviados porque  podemos ver que a união das Forças não vai permitir que crimes tão horrendos como esse fiquem impunes,  temos certeza que o Poder Judiciário em Itabaianinha fará justiça".

Reportagem: Rogério Monteiro o repórter do povo
Fonte: Polícia Civil e Polícia Militar de Itabaianinha

Nenhum comentário

Football