Janier Mota lembra a morte do Capitão Oliveira

 No dia em que sua morte completa um ano (04), o capitão Manoel Oliveira é lembrado pela deputada estadual Janier Mota. O policial, era comandante da Companhia Independente de Operações Policiais em Área de Caatinga (Ciopac) e foi executado a tiros, no ano passado, dentro de um veículo, numa estrada de Porto da Folha/SE, Alto Sertão do Estado.
 “Ele era um homem íntegro, que lutou pela melhoria da segurança do nosso Estado. É lamentável que a violência tenha atingido esse ponto e esperamos o que os órgãos de segurança pública continuem investindo em melhorias neste setor”, pontuou a deputada.
 Segundo as investigações conduzidas pela SSP/SE à época, a motivação foi justamente o intenso trabalho do comandante no combate ao crime na região. “Nós prestamos, mais uma vez, nossas condolências aos familiares, amigos e colegas policiais; na esperança de que fatos como esse, ainda recorrentes, deixem de existir”, afirmou Janier.
 O capitão Oliveira tinha 42 anos e fundou o Pelotão da Caatinga em 2008. Essa unidade da polícia atuava no alto e no Baixo Sertão do Estado combatendo todo tipo de crime.

Por Ascom Parlamentar

Nenhum comentário

Football