Destroços do avião que caiu com Gabriel Diniz chegam ao aeroclube de Aracaju

 No início da tarde desta quarta-feira (29), equipes do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa II) recolheram o restante dos destroços do monomotor que caiu na última segunda-feira (27), no povoado Porto do Mato, em Estância, e causou a morte do cantor Gabriel Diniz e de dois pilotos.
 A carcaça retorcida da aeronave foi levado em um caminhão da Polícia Federal para o aeroclube de Aracaju, situado na avenida Maranhão, local onde o Seripa dará continuidade à perícia em busca de respostas para a causa do acidente.
 De acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o avião monomotor estava em situação regular, com o Certificado de Aeronavegabilidade válido até fevereiro de 2023 e a Inspeção Anual de Manutenção (IAM) em dia até março de 2020, mas só poderia ser utilizado para fazer voos de instrução.
 Anac também informou que investiga se o cantor usou um avião de instrução como táxi-aéreo.
Da redação, AJN1

Nenhum comentário

Football