EM RIACHUELO, BELIVALDO ANUNCIA ENVIO DE RECURSOS E CONTRATO EMERGENCIAL

 O município de Riachuelo é um dos mais afetados pelas fortes chuvas que caíram na semana passada em Sergipe, deixando um cenário desolador pelas ruas da cidade. Ponte destruída, famílias desabrigadas, além de móveis, brinquedos e roupas espalhadas foi o que sobrou na maior parte da região. 
 No domingo, o secretário Nacional de Defesa Civil, cel. Alexandre Lucas, veio a Sergipe, sobrevoou algumas áreas afetadas e pousou em Riachuelo que, segundo ele, será priorizada no processo de reconhecimento federal de Situação de Emergência, para liberação de recursos pela Secretaria Nacional de Defesa Civil.
 O governador Belivaldo Chagas, juntamente com a equipe de governo, esteve na tarde desta segunda-feira (15) no município e verificou as duas pontes sobre o rio Sergipe que cederam no final de semana. Equipes do Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária (DER) começaram hoje a recuperação da estrutura de uma delas.
 Os trabalhos correspondem ao aterro das duas cabeceiras e serviços de contenção na ponte mais antiga, que liga a sede municipal ao Bairro Centrão e aos municípios de Malhador e Divina Pastora, e tem previsão de ficar concluídos em 24 horas. No momento, está liberada apenas para a passagem de pedestres. 
 “Para não prejudicar cerca de 800 profissionais que trabalham na Fábrica do Povoado Centrão, iniciamos os serviços na ponte antiga. A Companhia de Saneamento de Sergipe (DESO) está fazendo os reparos na Adutora que passa sobre a ponte mais nova e, posteriormente, avaliaremos as ações a serem adotadas na ponte”, explicou o secretário estadual do Desenvolvimento Urbano (Sedurbs), Ubirajara Barreto.
 Ao lado da vice-governadora Eliane Aquino, da prefeita Cândida Leite, de secretários de Estado e técnicos do governo, Belivaldo vistoriou a ponte Sinhazinha e anunciou o envio de recursos através de convênio e a realização de contrato emergencial para ajudar na recuperação dos estragos causados pelas chuvas. 
 "Hoje estamos concluindo a primeira fase para dar trafegabilidade na ponte que já existia e na sequência já autorizamos hoje a contratação emergencial para resolver o problema dessa ponte maior, a mais nova, como também a que liga o município de Santa Rosa Lima", afirmou o governador.
Ainda segundo Belivaldo, um levantamento sobre a estrutura das residências que foram comprometidas pelas chuvas está sendo concluído por dez engenheiros do Estado. Com a análise, um convênio deve ser firmado com o município com o objetivo de enviar recursos para a recuperação das casas.  
 Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, a Vigilância Sanitária Estadual está orientando a população sobre como deve realizar a limpeza de suas residências, prevenindo doenças como a leptospirose, e também realiza a inspeção da água potável que está sendo distribuída para a população.
Outras ações   
 Em outros territórios sergipanos, as equipes do DER realizam serviços de drenagem e retirada de material da pista na rodovia SE-100, entre o Povoado Pontal e a sede de Indiaroba. Na SE 170, entre Itabaiana e Lagarto, está sendo feita limpeza de pontes e desobstrução das vias.
Já na Rota do Sertão (SE -175), em alguns trechos entre os municípios de Nossa Senhora da Aparecida e Nossa Senhora da Glória, os trabalhadores realizam a execução de descidas d’água, com alvenaria de pedra argamassada.
 Sobre a ponte que desabou parcialmente na Rodovia SE- 240, entre os municípios de Santa Rosa de Lima e Divina Pastora, segundo a secretaria, o DER só poderá fazer uma avaliação dos estragos nos próximos dias, uma vez que as águas continuam passando sobre a ponte. O local segue interditado e foi sinalizado. O acesso aos dois municípios está sendo feito pela cidade de Moita Bonita.

*Com informações da Agência Sergipe de Notícias e Secretaria de Estado da Saúde

Nenhum comentário

Football