ESTELIONATÁRIOS ACUSADOS DE FRAUDAR EMPRÉSTIMOS SÃO PRESOS EM SERGIPE

 Equipes da Delegacia de Defraudações e Crimes Cibernéticos prenderam Gidalia da Cruz Santos, 55 anos, e Alexandre Nascimento de Almeida, 44. Eles foram detidos em cumprimento a mandados de prisão por envolvimento com a prática de golpes. As detenções ocorreram durante operação deflagrada entre a sexta-feira (19) e a segunda-feira (22), segundo informou a Secretaria da Segurança Pública (SSP).
 De acordo com a SSP, Gidalia foi a primeira a ser presa. Ela começou a ser investigada em 2018, quando outras pessoas foram presas usando documentos falsos para obter empréstimos junto à uma instituição financeira. Ela foi detida em cumprimento a mandado de prisão definitiva decorrente de estelionato, uso de documentação falsa e associação criminosa.
 Na época, foi apurado que eles faziam parte de um grupo criminoso, que agia repetidas vezes praticando diversas fraudes. Desse grupo, já tinham sido presas Maria Aparecida Rodrigues da Silva e Celma Santos Vidal. Também nesse processo investigativo foi indiciado Alessandro de Jesus Santana, conhecido como “Alex Papel”.
 As investigações apontam que ele possui habilidade na falsificação de documentos. O suspeito continua foragido. Informações e denúncias que possam chegar a localização de Alessandro podem ser repassadas por meio do Disque-Denúncia, no telefone 181.
Abertura de empresas de forma ilegal
 Ainda durante a operação, as equipes cumpriram o mandado de prisão preventiva de Alexandre Nascimento. Ele é empresário e administrador de empresas, e estava sendo investigado pela prática de inúmeras fraudes, entre elas, a abertura de empresas em nome de “laranjas” para a obtenção de empréstimos que somam valores superiores a R$ 250 mil.
 O suspeito também foi indiciado pela utilização de documentos falsos para a contratação de serviços, obtenção de crédito e aluguéis de imóveis. Até o momento, foram identificadas dez vítimas das fraudes sendo pessoas jurídicas e físicas. Na residência de Alexandre, foram encontrados vários documentos falsos, em nome dele e de outras pessoas, além de carimbos em nome de médicos.


*Com informações da SSP/SE

Nenhum comentário

Football