MULHER QUE ATROPELOU CRIANÇA NÃO TINHA CARTEIRA DE HABILITAÇÃO

 A mulher que dirigia o veículo que atropelou uma criança de quatro anos de idade em Nossa Senhora da Glória na quinta-feira da semana passada, 25, não possui carteira de habilitação e responderá por lesão corporal culposa, com o agravante pela falta de habilitação para conduzir carro e também pela omissão de socorro. A criança continua internada no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse).
 Nesta terça-feira, 30, ela se apresentou ao delegado Samuel Filho, da Polícia Civil, e revelou que teria saído do local do acidente por estar nervosa e temendo a reação das pessoas que se encontravam no local, conforme informações da assessoria de imprensa da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP).
 De acordo com a assessoria, a mulher se apresentou na Delegacia de Polícia acompanhada por um advogado, informou que o veículo seria do esposo dela e foi liberada depois que prestou depoimento. Ao delegado, ela informou que não teve condições de desviar da criança que estava atravessando a via, com destino à casa da avó.
O inquérito policial está em fase de conclusão, faltando alguns detalhes para que seja encaminhado ao Poder Judiciário.

Por Cassia Santana

Nenhum comentário

Football