Segue internado no Huse fora de perigo, o ex-presidiário, Luis Fernando Rocha dos Santos, 26 anos, que assassinou o policial Genézio e baleou outro Pm e um adolescente, durante uma cavalgada, na noite deste domingo (25). O fato aconteceu no povoado Pedrinhas, no município de Areia Branca, no agreste de Sergipe.
 O acusado que estava em liberdade condicional, condenado por homicídio, abriu fogo no em via pública durante a realização do evento, atingindo os 2 policiais e um adolescente, o Pm Genézio chegou a ser socorrido mas não resistiu evoluído a óbito, o 2º Pm e o adolescente foram socorridos e liberados, já o assassino que acabou sendo baleado na ação, continua internado no hospital de urgência onde será submetido a uma cirurgia.
 O Pm assassinado era lotado no 11º Batalhão da PM em Tobias Barreto, o soldado ingressou na corporação há cinco anos e atuava como parte do efetivo extraordinário escalado para a festa. 



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano