As ocorrências policiais no município de Riachão do Dantas foram registradas apenas dois dias antes das eleições suplementares realizadas no domingo, 1°, que elegeu Simone de Dona Raimunda (PC do B) a nova prefeita do município. Entre a quinta-feira, 29, e a sexta-feira, 30, houve muita tensão, com denúncias envolvendo agressões físicas, danos em veículo e apreensão de dinheiro [um montante avaliado em R$ 52 mil], suspeito de ser usado para a prática de crime eleitoral. Já durante o pleito, a forte presença de agentes das Polícias Federal, Civil e Militar contribuiu para o clima de tranquilidade no domingo.
 De acordo com informações do delegado Eduardo Jorge, da Polícia Civil, a ex-prefeita Gerana Gomes, que teve mandato cassado no ano passado, foi acusada e assinou termo circunstanciado na Delegacia de Polícia Civil, por suposto dano causado ao veículo de um eleitor durante uma confusão ocorrida na quinta-feira, 29, na cidade.
 De acordo com informações do delegado Eduardo Jorge, a ex-prefeita e outras pessoas prestaram depoimento na Delegacia de Polícia em Riachão do Dantas. Ela responderá por dano ao patrimônio e outras pessoas por lesões corporais, segundo o delegado. Esses procedimentos foram encaminhados para a justiça comum, cujos processos estão tramitando no Fórum de Riachão do Dantas.

Por Cassia Santana

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano