A 12ª Vara Cível de Aracaju condenou o senador petista Rogério Carvalho por improbidade administrativa durante sua gestão da Secretaria de Saúde de Sergipe, a informação foi postada por Felipe Moura Brasil, na Jovem Pan.
 Carvalho terá seus direitos políticos suspensos por 5 anos e deverá ressarcir os cofres públicos no valor de R$ 589.991,74.
 O senador Rogério Carvalho em razão da decisão da sentença prolatada no processo de improbidade que condena ele e a beneficência hospital e maternidade Santa Isabel, vem a público apresentar seus argumentos.
 O senador respeita a decisão judicial proferida pelo juiz da 12a Vara Cível da comarca de Aracaju, mas, discorda com veemência dos argumentos usados, salientando que irá recorrer da decisão.
 A condenação diz respeito à contratação da Associação mais antiga do estado de Sergipe em substituição às empresas contratadas pelo governador João Alves Filho, que terceirizaram a gestão dos hospitais públicos em Sergipe.
 A decisão de rescindir os contratos foi tomada em audiência pública com os ministérios públicos Estadual, do Trabalho e Federal, cujo acordo foi de plano providenciado pelo então secretário de estado da Saúde.
 Ao tempo que implementou a reforma sanitária com a construção de diversos hospitais e a ampliação do número de leitos públicos de Sergipe, havia a necessidade de fortalecer a gestão hospitalar estadual e a Associação com mais de 200 anos de atuação, se mostrou a solução mais viável para superar a decisão tomada com os Ministérios Públicos.
 A decisão contida na sentença considera ilegal a prorrogação do contrato com a Beneficência, ainda que, não haja outra maternidade para suprir a demanda materno-infantil no Estado.
 O Senador promoverá, respeitosamente ao Poder Judiciário, os recursos cabíveis que demonstrarão terem sido suas decisões importantes para coletividade sergipana.





Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem