O bebê gigante, como ficou conhecido o menino que nasceu de parto cesáreo com 6,27kg e 53, no dia 24 de setembro, na Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL), em Aracaju, recebeu alta nesta sexta-feira (4) e a família retornou para o Povoado Rio das Pedras, no município de Itabaiana (SE), onde moram.
 Com peso de uma criança de quatro meses, a pediatra da maternidade explicou que ele ainda necessita de cuidados com a glicemia, que pode sofrer alterações devido ao peso que nasceu.
 “Ele tem 10 dias de vida e 6,27g, com risco de hipoglicemia pelo fato de ser um termo grande para a idade gestacional. Sendo assim, foi pego um acesso central por via umbilical em decorrência da dificuldade de acesso venoso periférico. Ele usou sete dias de antibiótico porque adquiriu uma onfalite, que é uma inflamação do coto umbilical pelo manuseio durante o procedimento e tomou ontem a última dose às 22 horas. Hoje, amanheceu com boa sucção, mamando no peito e fez uma avaliação cardiológica também pelo fato de ser grande pra idade gestacional que foi normal e os exames complementares”, explicou a pediatra Geilza Santos França.
 O bebê recebeu alta sem uso de nenhuma medicação só aleitamento materno e as orientações para os cuidados diários. Além do peito, ele terá uma complementação de leite fórmula, porque talvez o leite materno sozinho não seja suficiente para sustentar a glicemia sérica do bebê.



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano