Uma operação denominada “Flashback” foi deflagrada nas primeiras horas desta quarta-feira, 27, em diversos estados do Brasil, incluindo Sergipe. Em Sergipe, foram 5 mandados de prisão expedidos, dos quais 4 foram cumpridos, após o trabalho conjunto de equipes operacionais do Ministério Público Estadual e da Polícia Civil. Um dos alvos resistiu à ação policial, investindo contra as equipes policiais, vindo a ser atingido após confronto e veio a óbito.
 De acordo com o Ministério Público, o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) atuou em Sergipe a partir do apoio do Departamento de Narcóticos do Estado de Sergipe (Denarc), ad Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol), da Coordenação Geral de Inteligência de Segurança Pública (Cogesisp), do Grupo de Ações Táticas do Interior (Gati), do Comando de Operações Especiais (COE), da Segunda Seção do Estado Maior / Agência central de inteligência da PMSE e do Departamento do Sistema Prisional de Sergipe -DESIPE).
 Conforme a nota encaminhada pelo MP, os alvos da operação foram líderes da Facção Criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), com atividades enraizadas dentro e fora do sistema prisional. Os alvos da operação são investigados em razão da prática de tráfico ilícito de entorpecentes, associação para o tráfico e outros crimes graves e a grande maioria deles apresenta alta periculosidade.
 Ao total, foram 110 mandados expedidos para cumprimento em vários Estados da Federação envolvidos na Operação.

Por Daniel Rezende com informações do GAECO



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano