O padrasto acusado de matar duas crianças no bairro Santa Maria tomou surra na cadeia.
Luciano Oliveira foi acusado por Juciara, a mãe, de ter executado as duas crianças, uma de seis e a outra de dez anos idade.
 Nesta terça-feira, 19, na Quarta Delegacia Metropolitana, Luciano tomou uma surra de outros presos que estavam na mesma cela.
 Socorrido, foi levado para a UBS Fernando Franco, no conjunto Augusto Franco. Ele nega ter matado as crianças enteadas.
CASO
 Foram presos temporariamente por 30 dias a mãe das crianças, Juciara Soares dos Santos, 38 anos, e o atual companheiro de Juciara, o ex-presidiário Luciano de Oliveira, 35 anos. As prisões foram decretadas na última quinta-feira, 14, mas podem ser convertidas em preventiva em caso de necessidade. Eles são os principais suspeitos de matarem os próprios filhos.
 De acordo com o delegado Mário Leony, o laudo cadavérico confirmou que as crianças morreram por politraumatismo e traumatismo de crânio encefálico causado por um objeto contundente e após estarem mortas foram jogadas no lago. A mãe das crianças conheceu Luciano no presídio, onde cumpria pena por roubo e tráfico de drogas e passaram a viver juntos há dois meses.



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano