A Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) deflagrou uma operação e está fiscalizando postos localizados em Aracaju durante a manhã desta terça-feira, 17. A ação conta ainda com o apoio da Agência Nacional do Petróleo (ANP) e do Instituto Tecnológico e de Pesquisas do Estado (ITPS). A ação tem por intuito testar a qualidade e a quantidade adequada de combustível utilizado nas vendas e pode gerar sanções aos proprietários.
  A operação foi deflagrada a partir da viralização de denúncias acerca de irregularidades em postos na região por meios das redes sociais. Segundo a diretora do Procon Estadual, Tereza Raquel, a ação é rotineira, mas desta vez contou com um aparato maior a partir do apoio do ITPS e da ANP. “Recebemos denúncias e houve um vídeo no whatsapp que viralizou. A intenção do Procon é garantir que o consumidor tá adquirindo um produto de qualidade. Convidamos o ITPS e a ANP, sendo que o primeiro está verificando a quantidade e o segundo a qualidade. Juntando essas duas informações, nós geraremos um relatório para dizer se os postos fiscalizados estão de acordo com as normas”, comentou.
  De acordo com a gerente executiva de Metrologia e Qualidade do ITPS, Maria Inêz, o papel do órgão na operação tem por intuito certificar se o estabelecimento está cumprindo o que estabelece o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), além de verificar se a quantidade de combustível abastecida é proporcional ao registrado na bomba. “Nós fomos convidados pelo Procon Estadual a participar dessa operação junto a ANP e o que nos está competido é a quantidade e o estado físico do instrumento, que é a bomba de combustível”, concluiu.
  As diligências oriundas da operação estão em andamento e um balanço dos resultados devem ser divulgados ainda durante esta terça-feira.


Por Daniel Rezende




                                                  

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano