O governador Belivaldo Chagas informou nesta sexta-feira (6) que os servidores do estado poderão fazer o empréstimo no Banco do Estado de Sergipe (Banese) para sacar o 13º de forma integral, a partir do dia 16 de dezembro.
 O servidor que não quiser contrair o financiamento pode optar por receber o décimo de forma fracionado, dividido em oito vezes, como vem ocorrendo nos últimos anos.  Nesta modalidade, como forma de compensação, é pago um abono especial de caráter indenizatório com percentual de 11% incidente sobre o valor líquido da parcela.
 Desde a gestão do ex-governador Jackson Barreto que a “gratificação natalina” é paga aos servidores por meio de empréstimo no Banese, cujas parcelas são pagas pelo Governo. O problema é que, se o Governo não honrar com o compromisso, quem herdará a dívida é o servidor que contraiu a linha de financiamento.
 “É um esforço que estamos fazendo para, além de garantir o pagamento dos servidores, aquecer a economia”, destacou o governador.
 Segundo o governador, no ano passado, dos 60 mil servidores ativos, inativos e pensionistas, 50 mil acessaram o Banese para o recebimento da gratificação natalina e 10 mil optaram por não recorrer ao banco e receberam de forma parcelada. 
Servidores da educação
 Já o pagamento do 13º salário dos servidores ativos da Educação de Sergipe será feito, integralmente, no próximo dia 20 de dezembro, devido a verba assegurada pelo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) . Serão pagos, de forma direta, 14.414 servidores vinculados à rede estadual de ensino.



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano