Uma revista realizada no último domingo (5), Presídio Regional Juiz Manoel Barbosa de Souza (Premabas), no município de Tobias Barreto (SE), encontrou 19 galões de cachaça artesanal, fabricada por detentos.
 De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP) de Sergipe, a bebida conhecida como ‘Maria Louca’ era fabricada com restos de comida.
 No local, os agentes ainda encontraram chunchos [armas artesanais] e aparelhos celulares.
 A SSP disse que será feito um procedimento administrativo para responsabilizar os internos envolvidos na produção da bebida.


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano