Nesta sexta-feira (10), um turista francês chamou uma funcionária e proprietário de hotel de “macacos”. O crime de racismo foi pontuado pela polícia no bairro Atalaia.
 Segundo o boletim de ocorrência da Delegacia de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV), a equipe da polícia que estava fazendo patrulhamento de rotina na região foi acionada para atender uma ocorrência em um hotel.
 Um turista, acompanhado da esposa, ambos da França, proferiu termos ofensivos de origem racial com a recepcionista do hotel, conforme aponta o boletim. De acordo com a ocorrência, as vítimas foram até a delegacia e relataram que o turista chamou a funcionária de “macaca”, “burra” e “analfabeta”.
 Com o tumulto no local, o proprietário do empreendimento compareceu logo após aos disparos ofensivos feitos contra a funcionária. Contudo, o turista continuou e o chamou de “macaco maior”.

A8

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano