De acordo com o Departamento de Turismo da Secretaria Municipal da Indústria, Comércio e Turismo (Semict) de Aracaju, a rede hoteleira instalada na capital sergipana opera com uma taxa de 90% a 95% de ocupação. No período de Carnaval, a expectativa é que esse percentual apresente uma queda de quase 10%, mas mesmo assim continua sendo considerado positivo.
 Conhecida pela tranquilidade nos seus diversos ambientes e gentileza dos moradores, a capital sergipana recepciona, entre os meses de dezembro e fevereiro, crescente número de turistas, segundo a Prefeitura de Aracaju. A alta estação é o período propício para que pessoas de diversas partes do Brasil, e até do mundo, possam visitar a capital sergipana para apreciar seus atrativos. 
 “No final do ano, com o Natal Iluminado, a cidade ganhou visibilidade. Desde que a Prefeitura resgatou as luzes do período natalino, Aracaju ganhou mais um atrativo. Além disso, a retomada da festa de réveillon, na Orla, agregou muito ao turismo e, consequentemente, à economia. A volta do Projeto Verão coroou essa nova fase da capital”, destacou a diretora do Departamento de Turismo da Secretaria Municipal da Indústria, Comércio e Turismo (Semict), Luciana Kariny dos Anjos.
Vale ressaltar que o Natal Iluminado é promovido pelaFederação do Comércio de Sergipe  (Fecomércio), em parceria com a Prefeitura.
 Exclusivamente no período do Carnaval, onde Sergipe não dispõe de muitas atrações nacionais, como acontece na vizinha Bahia, por exemplo, muitos turistas que vêm ao estado, principalmente a Aracaju, buscam um ambiente mais tranquilo, onde seja mais fácil de cair na folia com a família. E a capital se torna uma ótima opção.
 Para alavancar ainda mais essas potencialidades de Aracaju, a Prefeitura, por meio da Semict, tem divulgado a cidade em outras regiões, como destacou Luciana. “Uma das oportunidades que tivemos foi a de participar da Expo Abav, que é uma feira internacional de turismo. Foi a primeira vez que houve um estande da Prefeitura por lá. Além disso, enviamos materiais para feiras de cidades como Gramado e João Pessoa, tudo isso para expandir o nome de Aracaju como destino”, afirmou a diretora.
 Ainda que a capital sergipana não esteja entre os destinos mais procurados do país para o carnaval, segundo Luciana, ainda assim, há boas expectativas para o período. “Aracaju tem sido bastante procurada por pessoas que preferem descansar e sair um pouco das grandes multidões, e essa busca tem crescido ano após ano. Embora a cidade não esteja entre as mais badaladas para a época carnavalesca, isto não quer dizer que exista uma baixa nos hotéis, por exemplo. Ainda verificamos uma ocupação entre 85% e 90%, o que é muito positivo”, avaliou.
 Há quatro meses, o empresário José Wilson dos Santos, diretor-geral de uma das maiores redes de educação superior do Nordeste, optou por se tornar também proprietário de um dos hotéis localizado na Orla da Atalaia. Para ele, o momento está vantajoso. “Agora, mais próximo ao carnaval, temos recebido muita gente de São Paulo e da Bahia, pessoas que procuram mais tranquilidade. Temos uma ocupação de mais de 80%, o que é muito bom. Acredito que fazendo a nossa parte, enquanto empresários, podemos contribuir ainda mais para o desenvolvimento turístico da cidade porque, afinal, o poder público não pode fazer tudo sozinho, deve ser uma força-tarefa”, acrescentou.

* Com informações da Prefeitura de Aracaju 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano