"Não dá para resolver 20 situações ao mesmo tempo". A frase dita pelo vice-presidente de futebol Marcos Braz explica bem a divisão de prioridades do Flamengo. Após o fechamento da janela de transferências no último dia 31, o Rubro-Negro pode deixar em 'stand by' os assuntos contratações e saídas para focar nas renovações — e os principais alvos são o técnico Jorge Jesus e o goleiro Diego Alves.
 A situação de Jorge Jesus é uma novela que se arrasta, mas não chega a preocupar. O contrato do técnico português vai até maio de 2020 e ambas as partes adotam cautela como tom nas conversas. O Flamengo confia que renovará "na hora certa" com o Mister, que acredita na boa relação com os dirigentes rubro-negros para não ter pressa para resolver o assunto.
 Paralelamente, as declarações recentes de Jesus dão uma sinalização positiva para a sua permanência, como quando afirmou que o "Mundial de Clubes está entalado" e ao revelar o pacto que teve com o elenco para retornar ao torneio em 2020. A ideia é renovar o vínculo até o fim de 2021.
— Tem contrato até maio e vamos tratar disso antes. Estamos esperançosos. Igual o Gabigol, sabíamos que se resolveria. Vai acontecer na hora certa [a renovação]. Se tem uma pessoa que menos fala comigo sobre renovação é o próprio Jorge — declarou Marcos Braz.


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano