Na manhã de hoje (05), a justiça sergipana condenou o atual prefeito de Tobias Barreto Diógenes Almeida por ter chamado o advogado e ex-prefeito da cidade, Toinho Nery, de ladrão. A condenação, aguardada por mais de 20 anos por Nery, deu-se após a justiça julgar improcedente a acusação que Diógenes Almeida fez, ao chamá-lo de “ladrão” em um dos comícios das eleições de 2018 que ele patrocinou para sua esposa, então candidata, Deputada Diná Almeida.
No seu discurso, repetido ao longo de mais de 20 anos, Diógenes Almeida acusou e disse que o ex-prefeito Toinho Nery cometeu crimes de corrupção quando foi prefeito de Tobias Barreto, há quase 30 anos.
 Como a acusação de Diógenes Almeida foi sem base e provas, a Justiça sergipana condenou e provou que Toinho Nery é inocente, que nunca cometeu crimes de corrupção quando foi prefeito da cidade e, sendo assim, que o discurso que Diógenes Almeida sempre teve ao longe de todos esses anos é um discurso mentiroso, de quem acusa sem provas e base comprobatórias.
 “Ao longo de toda minha vida, desde quando entrei na prefeitura de Tobias Barreto em 1993, carrego essa imagem de ladrão e corrupto, que Diógenes ao entrar na prefeitura, no ano de 1997, colocou em mim. Tudo isso com a tentativa de manipular a população em torno da sua gestão catastrófica, que está sendo repetida e finalizada agora em 2020. Diógenes é e sempre foi um mentiroso, que sempre me acusou sem provas e que, quando tive a oportunidade de encará-lo frente a frente na justiça, agiu como eu sempre imaginei que ele agiria, comprovando ser um mentiroso que não tem sequer condições de provar o que diz.”, comentou Toinho Nery.
 Questionado, o ex-prefeito comentou o motivo pelo qual ele nunca ingressou com uma ação, ao longo de todos esses anos.
 “Muitas pessoas me perguntam o motivo pelo qual eu nunca impetrei uma ação contra ele e suas acusações. É verdade, passou-se muito tempo para que eu impetrasse com uma ação para ele provar de onde ele tirou esse rótulo de ladrão que ele colocou em mim. Mas, eu sempre acreditei que Deus tem um propósito na vida de cada um e que é preciso termos paciência e esperar o agir dele em nossas vidas. Hoje a população tobiense e sergipana começa a entender o porquê eu fui rotulado dessa forma, apenas por interesses políticos sujos e que, naquela época, conseguiu manipular a população e formar uma opinião contra mim, que era e sou um dos maiores opositores dele na política.”, ressaltou Nery.
 Por fim, Toinho Nery comentou que na vida, colhemos o que plantamos e, segundo ele, Diógenes está vivendo um momento de colheitas para todas as coisas semeou, bastando ver a administração desastrosa que realiza na nossa querida Tobias Barreto.
 “Ao longo da minha vida, convivi com mentiras e calúnias como essa, que Diógenes criou com o intuito de me destruir. Ele e todos sabem que eu não sou de revidar o mal com o mal, pelo contrário, eu acredito que tudo que plantamos, nós colhemos. Quem planta o bem, colhe o bem. Quem planta o mal, colhe o mal. E Diógenes está vivendo um momento de colheitas. Reforço que não desejo mal algum para ele, mas apenas quero e desejo que Deus continue agindo sobre minha vida e continue me abençoando abundantemente e que tanto a justiça de Deus quanto a dos homens, continue sendo feita.”, finalizou o ex-prefeito Toinho Nery.

Da assessoria

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano