O governador anunciou ainda a suspensão de cortes por inadimplência e suspensão do reajuste na tarifa.
 Em meio à pandemia do coronavírus, o governador Belivaldo Chagas anunciou, na tarde desta quinta-feira, 26, a isenção da tarifa de água e esgoto a todas as famílias sergipanas consideradas de baixa renda, incluídas no programa de Tarifa Social da Deso. A medida valerá por 90 dias. Além disso, ficam suspensos os cortes por não pagamento nos próximos três meses e a Suspensão do aumento de 5,36% na tarifa para todas as contas.
Com a isenção da cobrança para as pessoas de baixa renda, 40 mil pessoas devem ser beneficiadas.
 De acordo com Belivaldo Chagas, as medidas foram tomadas para beneficiar moradores que precisam ficar em casa devido a decreto estadual que estabelece, entre outros, fechamento de serviços considerados “não essenciais”, como forma de evitar aglomerações e não ocasionar na disseminação do novo coronavírus, a Covid-19, no estado.
 “São famílias que mais precisam nesse momento que estamos passando com essa pandemia do coronavírus. Uma medida muito importante, de extremo cunho social. Com isso, a gente consegue ajudar essas famílias, que por conta dessa paralisação, podem estar sem renda ou emprego”, ressaltou Carlos Melo, diretor presidente da Deso.
Tarifa Social
 Dez mil famílias sergipanas têm acesso ao desconto em fatura de água através da Tarifa Social. O benefício é concedido pela Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso) para garantir a dignidade de clientes de baixa renda, que comprovadamente se enquadram às exigências do programa. Além de estimular o uso racional da água, o modelo de inclusão social permite que os beneficiados recebam descontos de 50% na taxa mínima de cobrança.
 “Para ter direito a tarifa social, um dos critérios pode ser o cadastro do Bolsa Família. Outro critério é a renda da família ser inferior a meio salário mínimo por  pessoa”, disse o diretor presidente da Deso.


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano