Em plena epidemia do coronavírus, com aumento do número de casos e óbitos, o Brasil já enfrenta o aumento de ocorrência da dengue. Também o sarampo desafia as autoridades sanitárias. 
O risco de epidemias simultâneas varia conforme a região. 
Reportagem dos jornalistas Natália Cancian e Renato Machado na Folha de S.Paulo aponta que o Ministério da Saúde está preocupado com esta possibilidade. Em algumas regiões, outras doenças continuam a exigir atenção do sistema de saúde, além do coronavírus. Em sete estados já há incidência de dengue em patamar de epidemia.
 Em São Paulo, são 139,8 mil casos de dengue no estado, com 39 mortes, segundo o Ministério da Saúde —os dados por município não estão disponíveis. Já o coronavírus soma 6.708, com 428 óbitos.
 O ministério atribui o aumento de casos de dengue neste ano à maior circulação do sorotipo 2 do vírus que causa a doença, situação que não ocorria desde 2008.
 Historicamente, o pico da dengue é esperado para abril. No ano passado, no entanto, houve casos também no inverno em algumas regiões.


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano