O problema registrado no domingo, 24, na Base Estadual do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), se repetiu nessa segunda-feira.
 Um idoso identificado como Aurelino dos Santos de 80 anos ficou cerca de oito horas dentro de uma ambulância à espera de uma vaga de UTI, que só conseguiu no Hospital Regional de Estancia, distante uma hora de Aracaju.
 Segundo a nora  dele, o idoso sofreu uma convulsão ainda em casa e foi levado para uma unidade de saúde, lá o samu foi acionado, isso por volta das 9h dessa segunda-feira. Ele foi colocado dentro de uma ambulância às 11h e a transferência para Estancia só aconteceu às 19h32.
 Logo após a ambulância que transportava seu Aurelino, deixar a base do Samu, outras duas chegaram com outros dois idosos, que também esperam por uma vaga de UTI.
 A Secretaria de Estado da Saúde de Sergipe informou que os leitos de estabilização das duas urgências da Capital (Fernando Franco e Nestor Piva) estão totalmente ocupados, e com pacientes graves, aguardando transferências para leitos de UTI, que estão ocupados.  A secretaria informou ainda que os pacientes em ambulâncias só podem ser recebidos em hospitais quando as vagas de UTI forem surgindo.
 O problema é antigo e enfrentado por pacientes que não tem Covid-19. Para pacientes que estão com o vírus há vagas em leitos de UTI, exclusivos para o tratamento.



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem