O Governo do Estado, revogou nesta quinta-feira, 30, o decreto que permitia a abertura de segmentos empresariais em Sergipe. Após o anúncio da revogação, a prefeita de Lagarto, Hilda Ribeiro, se posicionou agradecendo ao governador Belivaldo Chagas pela decisão de rescisão do decreto.
“Excelentíssimo Senhor Governador do Estado de Sergipe, Belivaldo Chagas. Venho a público manifestar sincera gratidão pela revogação do decreto que permitia a flexibilização de atividades comerciais.O senhor demonstrou sensibilidade, bom-senso e elevado espírito humanista, atendendo o pleito não só meu, mas, também, de outras lideranças e autoridades, tanto da área política como, e principalmente, da área da Saúde” agradeceu a prefeita Hilda.
No agradecimento, a prefeita Hilda destaca que o município não seguiu o último decreto em decorrência do aumento significativo de casos de coronavírus em Lagarto e em todo o estado. “Neste sentido, também manifesto grande preocupação, ao tempo em que reafirmo um fato: Lagarto não seguiu o decreto baixado pelo Governo do Estado. A não ser o item que diz respeito à utilização obrigatória de máscaras, o qual está sendo seguido pelo município. Não flexibilizei a abertura de quaisquer estabelecimentos, pois conheço bem a realidade do nosso município” explicou a prefeita.
A prefeita ainda ressalta que o pedido de revogação dirigido ao governador foi realizado pelo fato de Lagarto estar recebendo pacientes de outras cidades, mesmo tendo apenas um hospital no município. “Lagarto é um município polo, com o único hospital regional universitário da região e cercado de outros municípios populosos. Por causa do aumento de casos positivos, Lagarto está recebendo pacientes até do município de Socorro, além dos casos que já tem no município’ explicou Hilda.
Com a revogação do decreto do governo, fica determinado, novamente, o fechamento dos escritórios de advocacia, contabilidade, arquitetura, concessionárias, imobiliárias, de lojas de tecidos e armarinhos. Além disso, fica suspensa a retomada das atividades pelas lojas de cosméticos, perfumarias, relojoarias, móveis e eletrodomésticos, papelarias, livrarias e lojas de climatizadores.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano