No início da tarde de hoje (16), o TRE julgou os embargos de declaração da defesa da Deputada Dina Almeida e do prefeito de Tobias Barreto Diógenes Almeida no processo que cassou a Deputada Diná Almeida e os direitos políticos do seu esposo por terem cometidos ilicitudes nas eleições 2018, quando a atual Deputada era candidata.
 Segundo a condenação, o casal Almeida praticou Abuso de Poder Econômico ao colocar a “máquina pública” à serviço da campanha eleitoral da então candidata e da promessa de casas populares através do Programa Minha Casa Minha Vida e que nunca existiu.
 Nos embargos julgados hoje, os juízes da corte regional eleitoral entenderam que todos os crimes apontadores na investigação foram comprovados e que não tinham argumentos nem motivos para aceitar os embargos.
 Com a decisão, a Deputada Diná Almeida e seu esposo prefeito Diógenes Almeida, seguem inelegíveis aguardando o processo ser remetido para o TSE, onde estes terão a oportunidade de apresentar uma última defesa.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano