O deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania) protocolou juntamente com o deputado Zezinho Guimarães (MDB), o projeto de lei n º 134/20202 que objetiva revogar a Lei 8.536/2019. O PL foi protocolado na Assembleia Legislativa na tarde desta terça-feira (02).
De acordo com Georgeo, o PL defende a retirada de Sergipe do Consórcio do Nordeste. “Esse consórcio foi criado em 2019 para fomentar o comércio de bens e serviços e assuntos de interesse comum entre os estados do Nordeste e até agora não disse a que veio”.
 O deputado explica que após a pandemia da Covid19 ter sido decretada, o governador Belivaldo Chagas anunciou a compra de 60 respiradores através do consórcio do Nordeste e que o Estado pagou mais de R$ 15 milhões e nenhum respirador chegou em Sergipe.
Para Georgeo, o Governo não avançou nos processos próprios de compra de respiradores porque acreditou na ação do Consórcio. “O Governo perdeu tempo porque confiou nas ações do Consórcio do Nordeste e não investiu em aquisições de respiradores por conta própria”.
 Georgeo alerta ainda que a falta dos respiradores prejudica bastante o atendimento da população neste momento delicado em que pandemia chegou em Sergipe. “A situação nos hospitais de Sergipe está crítica e sem esses respiradores, vai ficar muito pior”.
 O deputado afirma ainda que a ideia do consórcio foi boa, mas que não trouxe benefício para nenhum estado. “A criação do consórcio teve boa intenção, mas infelizmente não conseguiu ajudar nenhum estado nordestino e Sergipe não pode mais esperar”.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem