Os professores da rede pública municipal de Tobias Barreto decidiram sair às ruas na manhã de hoje (09) para protestar e cobrar do prefeito Diógenes Almeida o pagamento dos seus direitos salários que foram cortados e estão atrasados há 6 meses.

 Inicialmente, o grupo mobilizou-se na frente da prefeitura municipal, onde com distanciamento social expulsaram cartazes e cobranças ao prefeito municipal.

“Perseguir professores é uma prática que precisa ser extinta. Estamos cobrando uma conquistas histórica e que não pode ser perdida.”, disse professor Estefany, representante do SINTESE na região.

 Em seguida, os professores saíram em marcha pela principal avenida da cidade, acompanhado de um carro de som que destacava a imagem do prefeito Diógenes Almeida cortando direitos e também com decisões de outras cidades que estão efetivando o pagamento, e finalizaram o ato na frente da secretaria municipal de educação.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano