Dario Messer, conhecido como “doleiro dos doleiros” e Claudio Barbosa, o “Tony”, afirmam que foram contratados para facilitar transações financeiras clandestinas da emissora carioca. De forma exclusiva, O Jornal da Record teve acessão à delação dos doleiros. No depoimento, segundo Tony, o esquema prestava serviços aos irmãos Marinho.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano