Sikêra Jr foi condenado a pagar R$ 30 mil de indenização por danos morais à modelo transgênero Viviany Beleboni, famosa por ter representado Jesus Cristo crucificado na Parada do Orgulho LGBT de 2015.

 Durante o programa Alerta Nacional, exibido pela RedeTV!, o apresentador exibiu imagens do desfile se referindo a ela como "raça desgraçada". A defesa de Sikêra pode recorrer da decisão.

 Na sentença, o juiz Sidney da Silva Braga, da 4ª Vara do Foro Central Cível do TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo), condenou Sikêra por usar a imagem de Viviany ao comentar o assassinato de uma bebê cometido por um casal lésbico.

  "A autora não tem qualquer relação com a notícia e, assim, não pode ter sua imagem, sem sua autorização, utilizada para ilustrar a narrativa de um crime do qual não está sendo acusada, somente porque a pessoa efetivamente acusada, como a autora, seria homossexual", diz a decisão.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano