Foi divulgado nesta segunda-feira (14), pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) um levantamento parcial do inquérito sorológico realizado na comunidade escolar rede pública de ensino realizado por uma força tarefa da Covid-19 pela Universidade Federal de Sergipe (UFS).

 O inquérito tem como objetivo fazer um levantamento epidemiológico da contaminação com o novo coronavírus na comunidade escolar, foi iniciado pelos pesquisadores durante o retorno das aulas e a previsão, segundo o professor da UFS, Lysandro Borges, é que seja ele encerrado no próximo dia 21.

 Entre os dados já analisados, a categoria dos professores apresentou um percentual detectável de 52%. Já no caso dos estudantes, o índice foi de pouco mais de 42%.

 Também foi divulgado um levantamento por município mostrando quais apresentavam a situação de menor ou maior contaminação.

 Com baixo índice estão São Cristóvão e Laranjeiras. Já a capital, junto com Umbaúba, Estância e Itabaianinha aparecem em alerta. Enquanto Campo do Brito, Tobias Barreto, Itabaiana, Lagarto, Simão Dias, Capela, Ribeirópolis e Japaratuba aparecem em vermelho.

 O superintendente executivo da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), Ricardo Santana, disse que a partir dos números apresentados providências devem ser adotadas para ampliar a segurança sanitária. Ainda de acordo com ele, a escola que apresentar um índice alto de contaminação poderá ter as aulas presenciais suspensas.

G1/Se

 

 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano