Cristiano Viana (PSB), prefeito eleito em Simão Dias, disse durante entrevista ao Jornal da Fan na manhã desta sexta-feira (4) que, mesmo com um candidato concorrendo à prefeitura do município, tendo o apoio do governador do estado, Belivaldo Chagas, o povo decidiu escolher ele para ser prefeito.

 Para Cristiano, as eleições no município não pode ser considerada uma disputa por poder entre Valadares e Belivaldo, já que “ambos não concorriam para cargos nesse processo eleitoral”.

 Ele afirmou que o apoio da família Valadares foi essencial para o resultado do pleito, e que a oposição questionou onde estavam seus “chefes políticos”, mas defendeu o ex-senador Valadares que, segundo ele, não pode comparecer presencialmente na campanha por ser do grupo de risco da Covid-19.

 Ainda segundo Cristiano, sua vitória nas eleições se deu “pelo desejo de mudança do povo” e que não há interferência ou exigências da família Valadares para a composição do seu governo.

 “Não recebi nenhum pedido ou exigência dos Valadares para a composição do meu governo. Pelo contrário, eu que sempre estou pedindo pra eles orientações para saber como proceder na vida pública”, comentou.

 O prefeito eleito disse que deve manter uma boa relação com o governador, alegando que essa é sua forma de fazer política com relação aos seus opositores. Ele disse também não ter dúvidas que o governador continuará trabalhando por Simão Dias e afirmou que pretende ligar para Belivaldo após sua posse, para que possam conversar sobre o município.

 “Minha vitória não é uma derrota política para Belivaldo. Já descemos do palanque e agora quem ganhou e quem perdeu tem que trabalhar para os próximos pleitos e também pelo nosso povo”, finalizou.

Fan1

 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano