O Departamento de Atendimento aos Grupos Vulneráveis (DAGV) da Polícia Civil investiga um crime de estupro praticado contra uma profissional do sexo ocorrido no último dia 17 de abril, no bairro Atalaia, zona sul de Aracaju. Segundo a vítima, ela e uma amiga estavam à espera de clientes quando foi abordada por um homem moreno claro, estatura mediana, de boné e óculos escuros em um veículo, tipo sedan, cuja placa não se recorda.

 Após acertar o valor do programa, os dois seguiram para um motel da região. Duas ruas depois de pegar a profissional do sexo, o homem teria se irritado com a recusa da moça em fazer certos tipos de atos sexuais. Nessa hora, ele parou o veículo, sacou uma faca peixeira e estuprou a vítima dentro do carro.

 Após a consumação do crime, a mulher pediu para ir embora e o agressor insistiu que a deixaria no mesmo local. Com a recusa, a moça saltou do carro em movimento e saiu correndo. A vítima relata, ainda, que o agressor parecia estar sob efeito de uma alguma substância entorpecente.

 A delegada Meire Mansuet já iniciou as investigações e pede a colaboração da população para ajudar a encontrar o autor do estupro, crime considerado hediondo pela legislação brasileira. Informações sobre o criminoso podem ser repassadas para o Disque-Denúncia 181. O sigilo é garantido.

Fonte: SSP/SE

 

 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano