O deputado Georgeo Passos (Cidadania) fez a leitura do requerimento que pede a abertura da Comissão de Inquérito Parlamentar (CPI) da Covid-19 durante sessão mista desta terça-feira, 4, na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese).  

 O parlamentar lembrou que são necessárias, no mínimo, oito assinaturas para instalar a CPI e que o requerimento pode ter o texto alterado até que as assinaturas necessárias sejam colhidas. “Fiz questão de ler na íntegra o requerimento aqui para que todos os parlamentares e a sociedade tenha ciência do que a CPI da covid-19 quer investigar. Mandamos também o requerimento na íntegra para o grupo de WhatsApp dos deputados para que todos possam fazer sua análise. Lembramos que a CPI não é de um deputado, pelo menos oito assinam, e não há problema nenhum em modificar o texto, acrescentar, inclusive, fiscalizações e a investigações”, afirma Georgeo. 

 De acordo com o que foi lido pelo deputado, a CPI da Covid-19 tem o objetivo de investigar as ações e omissões do Governo do Estado no combate a pandemia, bem como a aplicação dos recursos destinados originalmente para esta finalidade. Além disso, a CPI quer investigar a compra milionária de respiradores através do Consórcio Nordeste.  

 O deputado Gilmar Carvalho (PSC) propôs alguns ajustes ao requerimento, dentre eles a investigação das pessoas que furaram a fila da vacinação. “Mesmo que minhas sugestões não sejam acatadas, eu sou favorável a CPI e garanto desde já a minha assinatura para abertura da CPI”, declara. 

 O deputado Capitão Samuel (PSC) se manifestou contrário ao requerimento por não acreditar em CPI no Parlamento. “CPI em Parlamento é meramente política, não vai a lugar nenhum. Não vi nenhuma CPI no Brasil funcionando efetivamente como a população deseja e espera. Não participo de nenhuma CPI, seja em âmbito municipal, estadual ou federal, simplesmente por não acreditar em CPI”, enfatiza. 

 Já o deputado Iran Barbosa (PT) anunciou que na sessão desta quarta-feira, 5, vai declarar seu posicionamento técnico sobre a CPI. “Eu já emiti semana passada meu posicionamento político, mas pedi a minha assessoria jurídica que sanassem algumas dúvidas, e ontem eles finalizaram o parecer. Hoje eu vou avaliar e amanhã me manifesto publicamente sobre minha decisão”, garante. 

 O requerimento para abertura da CPI, segundo informações repassadas pelo deputado Georgeo Passos, tinha até o dia 30 de abril cinco assinaturas. Com a confirmação do deputado Gilvan Carvalho, faltam apenas duas assinaturas para que a CPI seja instaurada na Alese.   

Por Karla Pinheiro

 

 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano