Nesta sexta-feira (7), a Prefeitura de Rosário do Catete, por meio da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, iniciou o pagamento do Programa de Inclusão Social (PIS). A ação de transferência de renda vai beneficiar, de forma direta, 627 pessoas em situação de vulnerabilidade social. Inicialmente, os beneficiários passaram por um recadastramento, que serviu para verificar se as pessoas atendiam aos critérios estabelecidos pela Lei nº 708, de 13 de março de 2015. 

 Desde que assumiu a gestão do Poder Executivo Municipal, o prefeito Antônio César Correia Diniz de Resende, o César Resende,  apontava a necessidade de iniciar o pagamento do Programa de Inclusão Social (PIS). “O PIS vai beneficiar as famílias carentes do Município de Rosário do Catete, principalmente neste momento de pandemia do novo coronavírus (Covid-19), onde o país vive uma situação delicada economicamente. Ficamos muito sensibilizados com a questão social, pois nossa principal meta é cuidar das pessoas, por isso todos os esforços foram implementados para atender a população de forma imediata dentro dos aspectos legais”, informou o prefeito. 

 Cada beneficiário do programa de transferência de renda recebeu R$ 150,00 (cento e cinquenta reais) em conta bancária, dentro dos critérios legais. A lista dos beneficiários, que tiveram os pedidos deferidos e indeferidos, está disponível na sede da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social. O acesso à sede do órgão só pode ser realizado com o uso obrigatório de máscara  

 

Por Keizer Santos DRT/SE 2099

Diretor de Jornalismo

Prefeitura de Rosário do Catete

 

 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano