Até onde vai o desejo pela imunização? Segundo moradores do bairro Coroa do Meio, em Aracaju, muito longe, chegando a causar até mesmo violência e pânico. Durante o Jornal da Fan da manhã desta sexta-feira, 4, foi relatado por cidadãos que utilizam os serviços da Unidade Básica de Saúde Hugo Gurgel, que um indivíduo entrou na unidade armado e ameaçou um profissional de saúde, exigindo ser vacinado.

 Nas palavras de Wellington, morador da localidade, o indivíduo, que ainda não foi identificado, dirigiu-se ao posto na última segunda-feira, 31 de maio, e solicitou sua imunização, alegando estar incluído dentro do grupo prioritário de portador de comorbidades. 

 “O médico responsável verificou o relatório dele e viu que ele não estava incluído, então disse que não cometeria esse crime e não iria vaciná-lo. Então esse indivíduo foi para casa e quando retornou já foi armado, e obrigou o médico e gerente da unidade a aplicar a vacina”, relatou o homem.

 O morador disse ainda que desde o acontecimento, o profissional de saúde ameaçado não retornou à unidade, temendo por sua segurança. 

 Diante desse cenário, os cidadãos da localidade mostraram à reportagem do Jornal da Fan um documento que foi enviado, no ano passado, para o Conselho Municipal e para a Secretaria de Saúde reinvidicando a ampliação do sistema de segurança no local.

 Em resposta, os órgãos responsáveis afirmaram que há circuitos de segurança na unidade. No entanto, os moradores do bairro acreditam que somente a existência destes equipamentos não inibirá a+ ocorrência de fatos análogos a este.


,

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano