Uma mulher que desembarcou em Aracaju, vindo do Reino Unido, país com casos da variante Delta do Sars-Cov-2, conhecida como variante indiana, está sendo monitorada por equipes de saúde de Aracaju. A pessoa desembarcou na capital na segunda-feira, dia 7.

 Classificada como B.1.617, essa é a quarta cepa considerada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como ‘variante de preocupação’.

 O órgão municipal foi informado pelo Centro de Informação Estratégica em Vigilância em Saúde do Estado de Saúde (CIEVS) nesta quarta-feira, 9. De imediato, foi estabelecido contato com a pessoa, dada orientação de isolamento de 14 dias, uso de máscara e distanciamento social. A equipe do Aracaju pela Vida foi até a residência da jovem para realizar coleta de RT-PCR em todos os familiares. No local, foram testadas cinco pessoas. Além dos familiares, a jovem teve contato com o taxista que fez o seu transporte na chegada à capital. Por isso, a Secretaria está fazendo o mapeamento para identificá-lo e tomar as medidas necessárias e fazer o devido acompanhamento.

 Nesta quinta-feira, 10, a equipe do Aracaju pela Vida retornará ao endereço para monitoramento.

Caso

 A jovem aracajuana embarcou dia 5 de junho em voo saindo do Reino Unido, local com mais de mil casos confirmados da variante, com conexão em Madri e em Guarulhos, São Paulo.

Medidas sanitárias

 A Secretaria Municipal da Saúde está finalizando estratégias que dificultem a entrada da nova variante de preocupação em Aracaju. Entre as primeiras ações estão o aumento da fiscalização no aeroporto e na rodoviária, e maior número de testagens nesses locais de acesso à cidade.

Com informações da PMA

 

 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano