O conflito fundiário envolvendo a grilagem de terras em Itapicuru, no Nordeste do Estado, foi discutido em audiência pública proposta pelo deputado Robinson Almeida (PT), no município baiano, o evento aconteceu nesta sexta-feira dia 20, no Colégio Municipal João Carlos Tourinho Dantas.

 O conflito prejudica 132 famílias, que residem no local desde 1970. No último dia 21 de julho, o parlamentar esteve em audiência com a delegada-geral da Polícia Civil, Heloísa Campos, quando tratou do assunto na companhia da associação dos trabalhadores rurais da Colônia Largadense. Robinson também levou o tema ao conhecimento do Comando da Polícia Militar, da Região Leste, quando teve audiência com o coronel Milton Paixão, no início de junho.

 Segundo Robinson, os agricultores estão na terra há mais de 50 anos que hoje é revindicada por uma empresa do Estado de Sergipe. Itapicuru é considerado um dos municípios mais antigos da Bahia e, segundo o IBGE, com um dos piores indicadores de desenvolvimento humano. “É necessário que o parlamento baiano, considerando os riscos envolvidos e todo esse contexto, intermedie as discussões, conduza o processo de fiscalização e de controle e garanta a preservação dos direitos humanos e à terra dos agricultores”, afirmou o deputado Robinson Almeida, que foi endossado pela deputada Fátima Nunes.

 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano