Sergipe registrou nesta terça-feira (14), o primeiro caso da variante Delta. A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES).

 De acordo com o diretor de Vigilância em Saúde da SES, Marco Aurélio Góes, a primeira pessoa a ser identificada com a variante no estado é uma mulher de 40 anos, moradora de Aracaju.

 “Trata-se de uma pessoa que teve uma viagem recente para o Rio de Janeiro, apresentou sintomas leves, foi atendida em um hospital privado, a sua mostra pela história dessa viagem recente foi encaminhada para o sequenciamento genômico e a paciente foi acompanhada pelo município de residência, Aracaju, evoluindo de forma satisfatória, sem complicações", explicou.

 Segundo ele, essa amostra é de 31 de julho. Além dela, foram enviadas para a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro, mais 31 e todas tiveram o isolamento da variante gama, que é a variante predominante no estado.

 “Esse fato é importante para a gente saber que, apesar de estarmos em um momento de queda expressiva do número de casos, dos óbitos, e de uma baixa taxa de ocupação hospitalar é fundamental entender que se não aumentarmos a cobertura vacinal, se não mantivermos as medidas de distanciamento, se não utilizarmos máscaras em ambientes de alta circulação a gente pode fazer com que essa variante acabe circulando no nosso meio”, disse o diretor em vigilância.

Quadro da paciente

 De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Aracaju (SMS), a paciente está imunizada contra a Covid-19, com as duas doses.

 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano